Ex-secretário nacional de Segurança Pública ressalta orçamento limitado para a área no próximo Governo

  • Por Jovem Pan
  • 29/10/2018 08h50
Reprodução/Youtube O coronel José Vicente foi taxativo: o Brasil não tem dinheiro para suprir a necessidade de vagas em penitenciárias

O novo presidente do Brasil vai assumir com dificuldades para aprimorar os controles nas fronteiras e nos presídios – dois dos principais desafios do Governo na área da segurança. A opinião é do ex-secretário nacional de segurança pública José Vicente da Silva Filho.

Para o especialista, a maior dificuldade está no orçamento disponível para a área. O coronel José Vicente foi taxativo: o Brasil não tem dinheiro para suprir a necessidade de vagas em penitenciárias e nem para estruturar controles nas fronteiras.

O ex-secretário avaliou ainda que o Brasil não teria a ganhar com a promoção do relaxamento do estatuto do desarmamento. José Vicente da Silva Filho considerou que o cidadão comum não terá o mesmo preparo de um agente público.

O número de mortes violentas não parou de subir nos últimos anos. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram registrados mais de 63 mil homicídios no país; sete por hora.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Tiago Muniz