Famílias de Brumadinho vão receber recursos de acordo em novembro

Valores serão pagos pelos próximos quatro anos e abrangem mais de 100 mil envolvidos

  • Por Jovem Pan
  • 30/10/2021 07h08 - Atualizado em 30/10/2021 07h09
Bombeiros/Minas Gerais Bombeiros de Minas Gerais ainda buscam por 11 desaparecidos Bombeiros ainda trabalham no entorno em busca de oito vítimas da tragédia

As famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho vão começar a receber os recursos do programa de transferência de renda no mês novembro. O montante é originário da própria Vale e faz parte de um acordo assinado pela mineradora com as autoridades. Os valores serão pagos pelos próximos quatro anos e abrangem mais de 100 mil envolvidos. O rompimento da barragem, em Minas Gerais, em 25 de janeiro de 2019, causou a morte de 270 pessoas. Os bombeiros ainda trabalham no entorno em busca de oito vítimas da tragédia. Em audiência na Câmara, a Defensora Pública de Minas Gerais Adriana Campos Pereira afirmou que a reparação não vai parar. “A defensoria está acompanhando, junto a outras entidades, o Ministério Público Federal, o Ministério Público de Minas Gerais, as questões coletivas que estão sendo tratadas”, disse.

O presidente da Associação de Familiares de Vítimas de Brumadinho, Alexandra Costa, afirma que ainda espera punições exemplares. “Uma das maiores homenagens que nós poderemos ter é a punição. Ainda temos oito vítimas não encontradas. Nós esperamos que seja feita  justiça necessária para os nossos familiares possam ter um pouco mais de alento na nossa árdua e difícil caminhada”, afirmou. Para Alexandra Costa, os envolvidos na tragédia têm que ser julgados nos tribunais de Minas Gerais. No último dia 19, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela extinção do processo criminal que corria no Estado e o caso está agora na 9ª Vara Federal.

*Com informações da repórter Camila Yunes