Fase experimental da vacina contra dengue deve começar a ser realizada em outubro

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2018 06h54 - Atualizado em 26/02/2018 07h52
Jovem PanA fábrica da vacina contra a dengue do Instituto Butantan deve ficar pronta até o meio do ano e começar a produzir o soro em fase experimental a partir de outubro

A fábrica da vacina contra a dengue do Instituto Butantan deve ficar pronta até o meio do ano e começar a produzir o soro em fase experimental a partir de outubro. As obras ocorrem desde maio de 2016.

Os testes do remédio já estão quase concluídos e aguardam aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, explicou as duas principais diferenças que a vacina terá em relação ao soro já disponível no mercado: “a diferença é que a vacina nossa é uma dose só, a segunda é que ela protege contra os quatro tipos de vírus”.

Apesar disso, o secretário da saúde de São Paulo revela uma dificuldade enfrentada pela administração nos testes da vacina.

David Uip afirmou que o Estado ainda precisa de cinco mil voluntários, principalmente crianças, para verificar a eficácia do remédio: “nós dependemos da pesquisa clínica. Hoje temos elencados 12 mil voluntários e precisamos de 17 mil. Mas a população que falta fazer o teste é a população de crianças”.

A fábrica terá três mil metros quadrados de área construída quando for entregue. A planta foi planejada como uma plataforma versátil que também pode operar para a produção de outras vacinas como raiva e zika vírus, entre outras.

*Informações do repórter Tiago Muniz