Faturamento da indústria brasileira cai 3,8% em julho

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2018 06h56
Reprodução/EletrolarJá o emprego caiu 1,3% em comparação a junho e as horas trabalhadas na produção diminuíram 2,4%

O mês de julho foi de índices negativos para a indústria no Brasil. Segundo dados divulgados pela CNI, a Confederação Nacional da Indústria, o faturamento total do setor caiu 3,8%. Já o emprego caiu 1,3% em comparação a junho e as horas trabalhadas na produção diminuíram 2,4%.

Para a entidade, as incertezas em relação ao resultado das eleições e as turbulências da economia internacional dificultam a recuperação econômica. A greve dos caminhoneiros, que ocorreu no final de maio, também agravou o cenário.

Desde a paralisação, o emprego acumula um recuo de 4,3%. Apesar da queda no mês, o faturamento de julho é 1,4% maior do que o de abril, mês anterior à greve dos caminhoneiros.

No acumulado do ano, a alta é de 5%. O emprego teve um crescimento tímido, de 0,4% de janeiro a julho. Por outro lado, a massa salarial caiu 1%.

O rendimento médio do trabalhador da indústria diminuiu apenas 0,1% de junho a julho, mas interrompeu uma sequência de três meses consecutivos de queda acentuada. No acumulado do ano, a renda média caiu 1,4%.

*Informações do repórter Levy Guimarães