Fecomercio do Rio de Janeiro assina contrato para ajudar na manutenção do Cristo Redentor

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2018 09h05
Alexandre Macieira/RioturQuem deseja visitar o Cristo Redentor e ter vista do Rio de Janeiro pode usar o “trenzinho do Corcovado” ou pegar uma van credenciada

O monumento do Cristo Redentor ganhou um parceiro no Rio de Janeiro. A Arquidiocese do Rio vinha enfrentando dificuldades para manter a beleza da estátua símbolo da cidade e referência mundial.

Assim, começou a procurar empresas e empresários. Coube a Fecomercio do Rio de Janeiro assinar um contrato para ajudar na manutenção do Cristo. Os gastos anuais chegam a R$ 5 milhões.

Quem deseja visitar o Cristo Redentor e ter vista do Rio de Janeiro pode usar o “trenzinho do Corcovado” ou pegar uma van credenciada para chegar até o alto por R$ 61. As crianças pagam R$ 48 e brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil com mais de 60 anos pagam R$ 40,50 para ingresso e transporte.

Entretanto, o dinheiro arrecadado fica com o ICM-Bio, órgão federal que administra o Parque Nacional da Tijuca, daí a necessidade de parceria com a iniciativa privada.

*Informações do repórter Rodrigo Viga