Fies abre inscrições e estudantes devem se adaptar às mudanças no programa

  • Por Jovem Pan
  • 21/02/2018 06h54 - Atualizado em 21/02/2018 07h49
Agencia BrasilO prazo para as inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil termina no dia 28 de fevereiro

Já estão abertas as inscrições para o Fies deste primeiro semestre de 2018. Neste ano, houve mudanças no Fundo de Financiamento Estudantil, que ajuda milhares de jovens a entrar no ensino superior em universidades particulares.

Agora, existem três modalidades do Fies. A primeira, para estudantes com renda média familiar de até três salários mínimos, prevê contratos com bancos públicos e sem juros.

A segunda modalidade, para jovens com renda média da família de até cinco salários mínimos, prevê juros, e os empréstimos serão oferecidos apenas a estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Já a terceira modalidade, também para alunos com renda familiar de até cinco salários mínimos, prevê contratos com bancos privados, que devem definir as taxas de juros, e vale para todo o país.

Para quem já tem o Fies, continuam valendo as regras antigas. Para a estudante de nutrição, Thainá Mendes, do Rio de Janeiro, as novas regras do Fies têm prós e contras: “eu acho que Fies é uma boa escolha, mas você também tem que tomar cuidado com juros”.

Em entrevista à Jovem Pan, o ministro da Educação, Mendonça Filho, defendeu as mudanças no sistema do Fies: “eu diria que as mudanças que foram apresentadas garantirão a sustentabilidade do programa sem que isso gere dano ao Tesouro Nacional e enfatizando a prioridade para estudantes mais pobres”.

O ministro da Educação destacou que serão anunciadas no início do segundo semestre novas vagas para completar a meta de 300 mil contratos em 2018.

O prazo para as inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil termina no dia 28 de fevereiro.

*Informações do repórter Matheus Meirelles