Longa “Como Nossos Pais” é escolhido melhor filme brasileiro no festival de Cinema de Gramado

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2017 07h53 - Atualizado em 28/08/2017 11h21
Clarisse Abujamra, Laís Bodanzky, Maria Ribeiro e Paulo Vilhena durante coletiva de imprensa de Como Nossos Pais

O longa “Como Nossos Pais”, da cineasta Laís Bodansky, foi escolhido o melhor filme brasileiro no 45º Festival de Cinema de Gramado, que aconteceu neste final de semana, no Rio Grande do Sul.

A trama ainda conquistou mais cinco kikitos, entre eles, o de melhor ator para Paulinho Vilhena e atriz para Maria Ribeiro. O longa-metragem conta a história de uma mulher que enfrenta os dilemas de tentar conciliar a profissão com a vida familiar.

Outro grande vencedor da noite, a produção “Duas Irenes”, de Fábio Meira, ganhou como melhor roteiro, melhor ator coadjuvante para Marco Ricca e Prêmio da Critica.

Ao todo, foram exibidos 44 filmes durante a mostra, que teve entre os homenageados desta edição, a atriz Dira Paes e o ator Antônio Pitanga.

Durante os discursos dos vencedores, o presidente Michel Temer foi alvo de críticas pelo veto a renovação da Lei do Audiovisual, um mecanismo de incentivo à cultura. Dira Paes foi uma das que cobrou um maior diálogo do Governo sobre o assunto. Também ocorreram manifestações à extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados, na Amazônia, além de pedidos de respeito às mulheres, negros, e aos transsexuais e transgêneros.

*Informações do repórter Vinicius Moura