Fiocruz solta 1,6 mi de mosquitos Aedes modificados no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2017 06h47 - Atualizado em 30/08/2017 12h03
Inicialmente, estes mosquitos estão sobrevoando localidades da Ilha do Governador

A Fiocruz começou a soltar, nesta terça-feira (29), 1,6 milhão de mosquitos Aedes aegypti. É uma espécie de “super mosquito”, que tem uma bactéria que entra nas células do mosquito e faz uma mutação que impede a transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Inicialmente, estes mosquitos estão sobrevoando localidades da Ilha do Governador, mas a ideia da Fiocruz, segundo o pesquisador Luciano Moreira, é já a partir da semana que vem, lançar outras hordas de Aedes no centro e na zona sul da Capital.

Dando certo, a experiência vai ser levada para outras cidades e Estados do País. Mas as recomendações para evitar o surgimento de focos do mosquito continuam.

*Informações do repórter Rodrigo Viga