Fiscalização da proibição de motos na pista expressa da Marginal Pinheiros começa nesta quinta

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2019 07h13
FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDOQuem desrespeitar novas regras poderá levar 4 pontos na CNH mais multa de R$ 135

A prefeitura de São Paulo inicia nesta quinta-feira (20) a fiscalização da circulação de motos na pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido rodovia Castello Branco.

A proibição está vigente desde o dia 20 de maio, no trecho entre a Ponte Transamérica até a região da Ponte Fepasa numa junção com a restrição a motos já existente na pista expressa da Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna.

A Secretaria Municipal de Transportes concedeu 30 dias para adaptação e orientação aos usuários, sem aplicação de multas, mas agora, a partir de 20 de junho, quem desrespeitar a regulamentação será autuado por cometer infração de gravidade média, com quatro pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 135,00, a mesma penalidade aplicada à restrição semelhante nas pistas expressa e central da Marginal do Tietê.

A fiscalização será feita por agentes da CET, policiais militares do CPTran e radares fixos e móveis.

O período de adaptação ocorreu para os motociclistas trafegarem pela pista local, com velocidade máxima de 60 km/h para maior segurança. O corredor da Marginal Pinheiros registrou dez acidentes fatais com motos em 2018.

Dados da CET apontam alta de 17% no número de motociclistas mortos no trânsito paulistano: em 2017, foram 311 vítimas; e 2018, 366 vítimas.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos