França chama Doria e Skaf de ‘mandioca e macaxeira’ e alfineta: ‘disputam governo de SP por vaidade’

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2018 07h02 - Atualizado em 05/10/2018 08h25
Luciano Claudino/Estadão Conteúdo O candidato do PSB à reeleição acredita ter conquistado os votos indecisos e afirmou que está empatado com o segundo colocado nas pesquisas

O governador de São Paulo, Márcio França, voltou a descartar ficar de fora do segundo turno das eleições no Estado. O candidato do PSB à reeleição acredita ter conquistado os votos indecisos e afirmou que está empatado com o segundo colocado nas pesquisas de intenção de votos.

França criticou os adversários Paulo Skaf e João Doria. Para ele, os dois disputam o governo por vaidade e um deles estará de fora do segundo turno. “Um deles vai ter que ter alguém de verdade no segundo turno. A dupla mandioca e macaxeira tem um tipo de comportamento pessoal parecido e resolveram, por vaidade, disputar o governo de São Paulo”, alfinetou.

Sobre o apoio do PSB no segundo turno das eleições presidenciais, Márcio França se esquivou e disse que vai esperar o resultado de domingo.

O atual governador paulista também prometeu a implantação de mais 100 Etecris, as escolas técnicas de Economia Criativa, no Estado. França afirmou que essas instituições terão como objetivo oferecer cursos de curta duração para capacitar parte da população que está desempregada.

O pessebista ainda prometeu aumentar a linha de crédito para fomentar a abertura de novos empreendimentos.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Nanny Cox