França pode deixar para Doria decisão de sancionar ou vetar pautas polêmicas da Alesp

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2018 07h15
Divulgação/AlespO governador tem um prazo de 15 dias úteis para determinar se um texto será mesmo transformado em lei

Márcio França pode deixar para João Doria a decisão de sancionar ou vetar vários projetos votados pela Assembleia Legislativa no fim de 2018.

O governador tem um prazo de 15 dias úteis para determinar se um texto será mesmo transformado em lei. Um deles, aliás, o PL 582 prevê um impacto importante para as contas do Estado. Aprovado por unanimidade, o texto autoriza o governo a pagar indenização por 23 anos a servidores que aderirem a um plano de demissão voluntária.

Teriam direito a esse benefício um grupo de quase cinco mil funcionários, dos quais quase três mil poderiam se aposentar.

O governador Márcio França admitiu que este e outros projetos poderão ser sancionados ou vetados pelo sucessor, João Doria.

O deputado estadual Campos Machado, do PTB, é o autor do projeto do plano de demissão voluntária. Na justificativa do texto, ele defendeu que o custo das indenizações seria menor do que a eventual manutenção dos funcionários com a folha de pagamento atual.

*Informações do repórter Tiago Muniz