França reconhece que disputa com Doria será acirrada e nega ser petista

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2018 07h49 - Atualizado em 22/10/2018 09h14
Paulo Lopes/Estadão ConteúdoFrança rebateu as críticas de que seria petista, e afirmou que a vida inteira foi do mesmo partido, o PSB

Neste domingo (21), o candidato pelo PSB ao governo do Estado de São Paulo, Márcio França, visitou Heliópolis, na zona sul da capital paulista.

França rebateu as críticas de que seria petista, e afirmou que a vida inteira foi do mesmo partido, o PSB: “não tenho nada contra PT ou PSDB. Meu partido é outro, sou do PSB, a vida inteira, e tenho todo respeito por todo mundo. Não criei inimizades na política. Meus adversários de antigamente hoje são meus aliados”.

Márcio França reconheceu que a disputa contra João Doria será apertada: “o problema é que tinha eleição presidencial e ele pulou pra cima do Bolsonaro e está lá. A nossa tarefa é conseguir tirar o máximo que der”.

Nesta segunda-feira, Márcio França cumpre agenda de campanha no interior do Estado de São Paulo. Ele passará pelas cidades de Presidente Prudente, Luiz Antônio, Sertãozinho e Ribeirão Preto.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Natacha Mazzaro