Fundação Pró-Sangue tem estoque de bancos de sangue 60% abaixo do ideal

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2018 10h21 - Atualizado em 07/02/2018 10h22
Tânia Rêgo/Agência Brasil Profissional da saúde retira sangue de paciente A Fundação Pró-Sangue convocou doadores para aumentar os estoques de bancos de sangue que, atualmente, estão abaixo de 60% do ideal

A Fundação Pró-Sangue convocou doadores para aumentar os estoques de bancos de sangue que, atualmente, estão abaixo de 60% do ideal.

No período de Carnaval, a coleta de sangue registra baixa significativa, somado a isso há a restrição de doação àqueles que foram recém-vacinados contra a febre amarela. É preciso aguardar ao menos quatro semanas para doar sangue, a partir da data da vacinação.

Por conta desses pontos, as reservas da Fundação Pró-Sangue, instituição veiculada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, encontram-se em situação crítica.

Estão com estoques em estado críticos os tipos sanguíneos A+, A-, AB+, AB- e B-. Estes conseguem abastecer os hospitais por apenas dois dias. Já os tipos O+, O- e B+ estão em nível emergencial e possuem suprimento para apenas um dia.

Confira as informações do repórter Fernando Martins: