Gantz diz que não há avanços para formação de governo em Israel

  • 29/10/2019 06h42
EFEGantz assumiu a tarefa de formar um governo após Netanyahu renunciar à função

Benny Gantz, líder do partido Blue and White, de Israel, afirmou, nesta segunda-feira (28), que não houve nenhum progresso na formação de um governo durante encontro com o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu. Gantz recebeu a tarefa de formar um novo governo na última quarta-feira (23), dois dias depois de Netanyahu renunciar à função.

Agora, o líder oposicionista terá 28 dias para negociar uma maioria de 61 assentos no Knesset, o parlamento do país. Por enquanto, ele tem o apoio de54 parlamentares, ou seja, faltariam sete para consagrar a maioria.

Em discurso, Gantz disse, nesta segunda, que a melhor opção era e ainda é um governo liderado pelo partido dele, o Blue and White, e pela legenda Likud, de Netanyahu. A pior opção, na opinião dele, seriam novas eleições.

Se Gantz não conseguir formar um governo, Israel passará pelo terceiro pleito em menos de um ano. Enquanto não houver uma definição, Netanyahu se mantém no cargo de primeiro-ministro, mas fica de fora da tarefa de formar o governo.  Essa é a primeira vez desde 2008 que isso acontece.

Ainda nesta segunda, Gantz afirmou que se encontrou com o conselheiro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e com o genro dele. De acordo com o israelense, eles discutiram aspectos de segurança, o crescimento do Irã e os processos de estabilidade regional e política com relação à Palestina.

*Com informações da repórter Nicole Fusco