GCM de SP testa spray de pimenta nos olhos de agentes; presidente de sindicato vê normalidade

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2018 06h21 - Atualizado em 14/06/2018 08h56
Reprodução Só após cerca de dois minutos, o organizador do treinamento diz que quem não estivesse suportando o incômodo nos olhos, poderia suspender a atividade

Imagem de agente do grupo especial da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo disparando spray de pimenta sob outros membros da corporação chama a atenção nesta quarta-feira (13).

No vídeo divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo é possível ver a realização de um teste de spray, que foi aplicado diretamente nos olhos dos guardas. Na gravação, os agentes reagem, incomodados, aos efeitos do produto.

Só após cerca de dois minutos, o organizador do treinamento diz que quem não estivesse suportando o incômodo nos olhos, poderia suspender a atividade.
Para o presidente do Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo, Clóvis Roberto Pereira, embora o vídeo gere um estranhamento na população, o procedimento é considerado normal. “Para quem não é da área parece chocante, mas está dentro do princípio de treinamento. Não expõe as pessoas a nenhum risco de saúde, quem faz o curso é de maneira voluntária. Sabe o que vai acontecer. Está dentro do contexto do treinamento”, disse.

Pereira ressaltou a importância do treinamento para que os CGMs tenham mais conhecimento na hora de usar o spray de pimenta.

A Guarda Civil Metropolitana, por meio da Prefeitura de São Paulo, argumenta que as imagens fazem parte de um curso ministrado pela Inspetoria de Operações Especiais.

De acordo com a nota, além da aplicação do spray, o curso contém aulas teóricas, com noções de Direito Penal e de direitos humanos.

*Informações do repórter Afonso Marangoni