GCM é baleado ao reagir a assalto na Rod. Ayrton Senna, na zona leste de SP

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2018 06h08
Reprodução/Google MapsSérgio Luiz Macente foi atacado no início da noite deste domingo (17) na pista sentido Interior da rodovia

Guarda civil é baleado ao reagir a assalto na rodovia Ayrton Senna, na Zona Leste de São Paulo.
 Sérgio Luiz Macente foi atacado no início da noite deste domingo (17) na pista sentido Interior da rodovia, na divisa com o município de Guarulhos.

O GCM deixou o trabalho e seguia para casa em sua motocicleta, à paisana, quando foi abordado por dois criminosos, que surgiram em outra moto e anunciaram o assalto.

Macente se recusou a entregar o veículo e tentou reagir, sacando a arma que carregava consigo.
 Mas, antes que conseguisse, um dos bandidos percebeu a camiseta da corporação sob a jaqueta da vítima e entrou em luta corporal.

Durante a briga, o ladrão conseguiu desarmar o guarda civil metropolitano, que se jogou na mata para fugir dos criminosos.
 A dupla passou a atirar, e um dos disparos atingiu a perna do GCM.

Os assaltantes fugiram, levando a arma e a motocicleta dele.
 Macente ligou para a polícia, pedindo ajuda, e foi socorrido ao Hospital Geral de Guarulhos, onde segue internado, mas fora de perigo.

Com os dados da motocicleta, os PMs fizeram buscas e encontraram o veículo em uma comunidade próximo ao local, em poder de quatro adolescentes.
 Os jovens foram encaminhados ao 63º Distrito Policial, da Vila Jacuí, para prestar esclarecimentos.
 No entanto, os PMs mostraram as fotos deles ao GCM, que não os reconheceu como os autores do assalto.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore