Governador veta PL que destina R$ 48 mi para que Hospital Universitário da USP contrate profissionais

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2018 08h02
Tiago Muniz/Jovem PanA verba deveria ser usada para compensação do déficit de funcionários do Hospital, que perdeu 400 trabalhadores nos últimos anos

O governador de São Paulo, Márcio França, vetou o Projeto de Lei que determina que o recurso de R$ 48 milhões previsto para o Hospital Universitário da USP seja usado na contratação dos profissionais de saúde.

O PL propõe alterações em outras emendas do Orçamento de 2017, além da mudança de destinação dos recursos.

O veto foi enviado à Assembleia Legislativa do Estado nesta quinta-feira (05) e será publicado no Diário Oficial nesta sexta-feira (06). Há ainda a possibilidade de os deputados derrubarem o veto. No entanto, é necessária a maioria absoluta em plenário e 48 votos a favor.

O projeto de lei é de autoria do deputado Marco Vinholi (PSDB) e foi aprovado na Alesp em 13 de junho. Cinco dias depois, servidores do HU aderiram à paralisação dos servidores da universidade. Os servidores cobram a sanção do projeto de lei.

A verba deveria ser usada para compensação do déficit de funcionários do Hospital, que perdeu 400 trabalhadores nos últimos anos por conta dos planos de demissão voluntária.