Governistas na Câmara apresentarão emendas para evitar desidratação na PEC da Previdência

A bancada governista da Câmara vai apresentar conjunto de emendas tentando aglutinar o debate

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2019 07h02
Marcelo Camargo/Agência BrasilO presidente da República se reuniu com integrantes da equipe econômica e mostrou que, pelo menos no discurso, o Governo está na mesma linha

O presidente Jair Bolsonaro faz esforço para evitar mudanças profundas no projeto da nova Previdência.

A bancada governista da Câmara vai apresentar conjunto de emendas tentando aglutinar o debate em torno da aposentadoria social, rural e o tratamento diferenciado a militares, servidores e professores.

Bolsonaro alertou que já existe decisão da equipe econômica que depois desta reforma a economia deslancha.

O relator da comissão especial que analisa a reforma, Samuel Moreira, deixou claro que o projeto é ponto de partida e não é apenas a Previdência.

O presidente da República se reuniu com integrantes da equipe econômica e mostrou que, pelo menos no discurso, o Governo está na mesma linha.

Nesta terça-feira (07) a comissão especial se reúne para iniciar a discussão do projeto e vai definir os nomes dos convidados para debater o tema. O Governo sabe que não tem maioria e, por isso, negocia, a presença do ministro Paulo Guedes na comissão para discutir o projeto com deputados.

*Informações do repórter José Maria Trindade