Governo assina concessão do terminal do Porto de Santos

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2020 07h37 - Atualizado em 29/01/2020 08h20
DivulgaçãoTarcísio Gomes de Freitas assina nesta quarta-feira o contrato de concessão do terminal STS20

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assina nesta quarta-feira o contrato de concessão do terminal STS20, no Porto de Santos

A empresa Hidrovias do Brasil venceu, em agosto de 2019, o leilão do terminal de fertilizantes e sal, com investimentos previstos de R$ 219 mi, em instalações e compra de equipamentos, no período de 25 anos de contrato. 

Ao longo de 2020, a União deve realizar o maior leilão de terminais portuários dos últimos 15 anos, com o de Granéis Líquidos da Alemoa (STS08), operado pela Transpetro, de combustíveis, com investimentos previstos de R$ 1 bi, para ampliação da infraestrutura, que trará um aumento de 64% na capacidade de operação. 

A Transpetro opera o terminal em caráter precário, porque o contrato venceu há cinco anos, mas é mantido com aditivos. Somente o lote da Alemoa equivale ao montante definido para os 14 terminais de granéis líquidos combustíveis leiloados desde 2015. O certame  integra os projetos de 11 leilões de terminais portuários em 2020, com previsão de R$ 2 bi em investimentos.

* Com informações do repórter Marcelo Mattos.