Com edital liberado, governo anuncia leilão de linhas do metrô

  • Por Jovem Pan
  • 22/12/2017 08h42
MIGUEL PESSOA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOLicitação da operação das obras do governo Alckmin havia sido suspensa após recurso apontar grande diferença entre o que empresas vão gastar e o que devem lucrar com as linhas do metrô

O leilão de concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de São Paulo ocorrerá no dia 19 de janeiro, na sede da B3, antiga BM&FBOVESPA.

A informação foi divulgada pelo governo de São Paulo nesta quinta-feira (21). O Tribunal de Contas do Estado havia barrado o processo de licitação que apontou indícios de irregularidades e prejuízo aos cofres públicos no edital, sendo liberado o prosseguimento apenas na última semana.

Com o leilão, a operação comercial das duas linhas será cedida à iniciativa privada por 20 anos, e o valor estimado do contrato é de R$ 10,8 bilhões.

Vale lembrar que a linha 5 já está em funcionamento e, quando todas as estações estiverem em funcionamento, ligará o Capão Redondo à Chácara Klabin com conexão com as linhas 2-Verde e 1-Azul.

A linha 17-Ouro, do monotrilho, que ligará o Aeroporto de Congonhas à Linha 10-Esmeralda da CPTM, só deverá ser inaugurada em 2019, cinco anos depois da previsão inicial.

Com informações do repórter Fernando Martins ao Jornal da Manhã da Jovem Pan

Procurador do Estado diz que governo é vítima do cartel do metrô