Governo de SP anuncia oito novas estações na Linha 2-Verde do Metrô

Os investimentos serão de R$ 5,5 bilhões para a elaboração de projetos, desapropriações e execução das obras civis do trecho Vila Prudente a Penha

  • Por Jovem Pan
  • 04/06/2019 08h09
ReproduçãoSerão oito estações em 8,3 quilômetros de extensão

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o secretário estadual de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, anunciaram nesta segunda-feira (3) a retomada da expansão da Linha 2-Verde do Metrô. Serão oito estações em 8,3 quilômetros de extensão.

Os investimentos serão de R$ 5,5 bilhões para a elaboração de projetos, desapropriações e execução das obras civis do trecho Vila Prudente a Penha. Parte desse valor já foi utilizado na desapropriação de 96,5% dos 226 imóveis necessários para a obra.

Doria e Baldy destacam o alcance da expansão para a capital paulista. “Mais oito estações serão construídas ao longo da extensão Linha 2-Verde, para que consigamos oferecer um transporte como o Metrô com segurança, eficiência e conforto”, disse o secretário estadual de transportes.

“Até o final deste ano, portanto até dezembro, todo o projeto executivo estará pronto e o início das obras será no primeiro trimestre do ano que vem”, afirmou o governador.

As estações a serem construídas são: Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha. Haverá conexão direta com as linhas 3-Vermelha, 15-Prata e 11-Coral da CPTM.

Quando concluída a extensão, a Linha 2-Verde terá vinte e três quilômetros de extensão, com vinte e duas estações, passando a ser a linha de metrô mais longa de São Paulo.

A expectativa é que as obras sejam entregues gradualmente até o fim de 2025.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles