Governo de transição começa já nesta segunda-feira (29)

  • Por Jovem Pan
  • 29/10/2018 07h17
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoDe acordo com o emedebista, ele não conversou com Jair Bolsonaro sobre a Reforma da Previdência

O presidente Michel Temer afirmou ter “absoluta convicção” de que o sucessor, Jair Bolsonaro (PSL), fará um Governo de muita paz e harmonia.

O emedebista afirmou ter telefonado para o capitão da Reserva, assim que a vitória foi confirmada. Após a conversa, Temer disse que “gostou do resultado” porque foi a manifestação da soberania popular.

Michel Temer disse que dará início ao Governo de transição já nesta segunda-feira (29). De acordo com o emedebista, ele não conversou com Jair Bolsonaro sobre a Reforma da Previdência. Mas assim que houver a possibilidade, eles devem debater sobre o pacote de mudanças, que já está “formatado e pronto para ser votado”.

O Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília servirá de base para o Governo de transição. A Granja do Torto, uma das residências oficiais no Distrito Federal, também será oferecida para uso do presidente eleito.

Bolsonaro também poderá usar aviões da Força Aérea Brasileira para deslocamentos e ter a segurança reforçada.

Até a passagem da faixa presidencial, no primeiro dia de janeiro de 2019, Michel Temer continuará a despachar do Palácio do Planalto normalmente.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Natacha Mazzaro