Governo deve decidir na próxima semana sobre o fim do horário de Verão

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2019 07h43 - Atualizado em 02/04/2019 10h13
Arquivo/Agência BrasilSegundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, os estudos sobre os prós e contras do fim do horário, pedidos pelo presidente Jair Bolsonaro, já estão quase prontos

O Governo Bolsonaro deverá decidir sobre o fim do horário de verão na próxima semana.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, os estudos sobre os prós e contras do fim do horário, pedidos pelo presidente Jair Bolsonaro, já estão quase prontos.

Bento Albuquerque afirmou, nesta segunda-feira (1º), que a avaliação não será baseada apenas pela economia, mas admitiu que os ganhos econômicos com o horário são poucos.

O ex-presidente Michel Temer também chegou a questionar o horário de verão durante sua gestão e anunciou uma enquete sobre o assunto, que foi recusada.

Uma mudança na data oficial para o início do horário de verão também foi anunciada no ano passado. No entanto, o Governo acabou recuando após o Ministério da Educação solicitar que a data fosse mantida, com o receio de que os candidatos do Enem pudessem ser prejudicados.

A CPFL Energia estima que a redução no consumo de energia elétrica durante a temporada 2018/2019 do horário de verão gerou uma economia de quase 65 mil megawatts nas áreas de concessão nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. O volume seria suficiente para abastecer 27 mil residências por um ano.

*Informações da repórter Victoria Abel