Governo diz ser prematuro falar em pico da pandemia da covid-19 no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2020 06h51
MARCELO FONSECA/ESTADÃO CONTEÚDOO Brasil superou nesta quinta-feira (21) a marca de 20 mil mortes pela doença

Alina Florentino da Silva mal teve tempo de se despedir do pai, vítima da covid-19 — doença causada pelo novo coronavírus. Com caixão fechado, o enterro no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, foi rápido. Por lá, os sepultamentos praticamente dobraram e os tratores não param de abrir novas covas.

O Brasil superou nesta quinta-feira (21) a marca de 20 mil mortes pela doença. Foram 1.188 óbitos confirmados em 24 horas, um recorde, e o número de infectados chegou a 310 mil.

Segundo o Ministério da Saúde, os registros vem diminuindo desde o começo de maio. Diretor de análise da pasta, Eduardo Macário admite, no entanto, não ser possível afirmar que o país já atingiu o pico da pandemia.

“O que a gente começa a perceber é que no Norte e Nordeste estão mostrando uma estabilização. Nos próximos dias estaremos acompanhando. Mas em relação ao Brasil não é possível identificar.”

Dos mais de 310 mil infectados, quase 126 já se recuperaram.

*Com informações do repórter Leonardo Martins