Governo estuda estender trabalhos para votar pedido de processo contra Temer no STF

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2017 06h55 - Atualizado em 06/07/2017 13h04
EFE/Joedson Alves A avaliação governista é de que, quanto mais passa o tempo, o desgaste aumenta e o apoio no Congresso fica menor

 

Os líderes dos partidos serão consultados sobre a convocação do Congresso, mas o Governo já estuda estender os trabalhos para votar o pedido de processo contra Michel Temer no Supremo.

A avaliação governista é de que, quanto mais passa o tempo, o desgaste aumenta e o apoio no Congresso fica menor.

O líder do Governo na Câmara, deputado André Moura, disse que estão traçados três cenários, inclusive o recesso parlamentar se o pedido de processo for concluído na semana que vem. “Acho que tudo isso são cenários. Podemos não conseguir concluir o processo da LDO na comissão mista e aí não entramos no recesso oficial. Pode ser que o processo na CCJ se estenda um pouco mais e se estenda para ir a plenário”, explicou.

Eunício de Oliveira, presidente do Senado, admitiu a convocação do Congresso para votar crédito especial para a PF confeccionar passaportes.

Os parlamentares, oficialmente, entrariam em recesso a partir do dia 17 de julho.

*Informações do repórter José Maria Trindade