Governo Federal planeja avançar em concessões e privatizações

  • Por Jovem Pan
  • 03/01/2019 06h55 - Atualizado em 03/01/2019 09h22
DivulgaçãoChamada por Bento Albuquerque (foto) de “capitalização”, a desestatização da maior empresa de energia do país foi proposta pelo governo de Michel Temer

O novo ministro de Minas e Energia prometeu avançar na privatização da Eletrobras. Chamada por Bento Albuquerque de “capitalização”, a desestatização da maior empresa de energia do país foi proposta pelo governo de Michel Temer, mas acabou travada por falta de apoio político.

Após as declarações do titular da pasta, as ações da Eletrobras dispararam e chegaram à casa dos 20%. Bento Albuquerque pretende dentro deste panorama criar segurança energética e propiciar um ambiente de atração de investimentos.

Já o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou que o Governo vai resolver o problema de antigas concessões em crise, como as de algumas rodovias e do aeroporto de Viracopos em Campinas, no interior de São Paulo.

De acordo com ele, uma das soluções é a revisão dos contratos a cada cinco anos ou a reprogramação dos investimentos previstos. O governo planeja ainda aprimorar o regime de partilha do pré-sal.

*Informações do repórter Daniel Lian