Governo lança Plano Safra para garantir produção no campo

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2020 06h15
SÉRGIO CASTRO/ESTADÃO CONTEÚDO/AEOs pequenos produtores rurais terão R$ 33 bilhões para financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar com juros de 2,75% a 4% ao ano

O governo federal lançou, no Palácio do Planalto, o Plano Safra 2020/2021 que vai contar com R$236 bilhões para garantir a continuidade da produção no campo e o abastecimento de alimentos no país durante e após a pandemia do coronavírus. O valor é R$ 13,5 bilhões maior que o total anunciado no ano passado.

Segundo o ministério da Agricultura, os recursos destinados a investimentos aumentaram cerca de 29%. Os financiamentos poderão ser contratados a partir agora do dia 1º de julho até 30 de junho do ano que vem.

Os pequenos produtores rurais terão R$ 33 bilhões para financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar com juros de 2,75% a 4% ao ano. O presidente Jair Bolsonaro, fez questão de comemorar o tamanho da produção de alimentos no país e em meio as ações de isolamento ressaltou a importância da manutenção das atividades no campo.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, ressaltou que nesse momento difícil é necessário esperança e otimismo. Ela garantiu que, além do Plano Safra, o governo trabalha no que ela chamou de “surpresas para o setor”.

O secretário de política agrícola do ministério, Eduardo Sampaio, explicou que setores como o da cana de açúcar e algodão, por exemplo, que foram afetados pela pandemia, receberão incentivos extras. Os produtores, no entanto, avaliam que as taxas de juros poderiam se menores.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin