Governo de SP não recomenda testes de farmácia para coronavírus

O teste sorológico e a coleta RT-PCR, o mais recomendado, estão apenas acessíveis nos laboratórios

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2020 06h33
Leopoldo Silva / Agência SenadoTanto o teste de farmácia como o sorológico podem detectar os anticorpos contra o vírus

O Estado de São Paulo não recomenda os testes rápidos para o coronavírus disponíveis em farmácias. Atualmente, existem três métodos principais para detectar a Covid-19.

O teste sorológico e a coleta RT-PCR, que utiliza um cotonete nas vias respiratórias, estão apenas acessíveis nos laboratórios. Já os testes rápidos podem ser comprados em drogarias. Tanto o teste de farmácia como o sorológico podem detectar os anticorpos contra o vírus; a diferença está no nível de confiabilidade.

O coordenador do Centro de Controle de Doenças do Estado, Paulo Menezes, não recomenda o teste rápido, pois a probabilidade de um resultado falso é maior.

Ainda nesta terça, o Comitê de Saúde informou que o estado contabilizou 365 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a um total de 14.763.

*Com informações do repórter Victor Moraes