Grande número de roubo de combustíveis faz Petrobras mudar canos de lugar

  • Por Jovem Pan
  • 30/09/2019 07h30 - Atualizado em 30/09/2019 10h57
DivulgaçãoMais de R$ 1 bilhão serão investidos no chamado Plano Diretor de Dutos, que trocará canos de lugar

Você sabia que o combustível que abastece o seu carro é transportado por uma gigantesca rede de dutos subterrâneos e quase ninguém vê? As tubulações cruzam áreas rurais e os centros urbanos e por onde passam chama a atenção de criminosos.

A Petrobras calcula, por ano, um prejuízo de cerca de R$ 150 milhões com furto de combustível retirado desses canos em todo o país. Apenas na estado São Paulo, foram registrados 151 furtos ou tentativas de furtos desse tipo apenas no ano passado. Desde de 2011, o estado já acumula 282 casos.

Em junho deste ano, a policia descobriu que uma quadrilha chegou a cavar um túnel com cinco metros de profundidade e outro com 20 metros de extensão de uma casa em Santo Andre até atingir um duto. Os criminosos forneciam combustível clandestino para um posto de gasolina em Guarulhos.

Segundo o Departamento Estadual de Investigações Criminais, as ações de combate a esse crime já levaram a um redução em mais de 40% no número de furtos em São Paulo neste ano.

O delegado Julio Cesar Teixeira afirma que muitas vezes os bandidos têm experiência no manejo dessas tubulações. “Normalmente acabam sendo pessoas que, de alguma forma, já trabalharam com isso. Ou diretamente, com as empresas vítimas, ou com as empresas terceirizadas que faziam serviços para as empresas vítimas.”

Os dutos passam por localidades populosas, debaixo das ruas e bem ao lado das casas. Em Itaquera são dois: um de óleo combustível e outro de gasolina vindos do Vale do Paraíba. O crescimento do bairro estreitou as margens de segurança e obrigou a Petrobras em pensar em um plano de desativação das tubulações.

A gerente de segurança operacional da Transpetro, Adriana Andrade, explica que a nova rota de combustíveis passará por uma área rural. “A Transpetro e a Petrobras estão com o Plano Diretor de Dutos (PDD) que vem, por escala, retirando alguns dutos dos centros urbanos. Aí ele é desativado, inertizado, não é transportado mais nenhum tipo de combustível e nessa rota da nafta e gasolina acaba passando pelo nosso novo traçado, que é através de uma área rural.”

Segundo a Petrobras, os dutos de gás natural já foram retirados das áreas urbanas. A próxima etapa será remanejar a tubulação que leve nafta e gasolina, produtos inflamáveis e altamente tóxicos.

Mais de R$ 1 bilhão serão investidos no chamado Plano Diretor de Dutos, que deve ser concluído em 2020.

*Com informações da repórter Victoria Abel