Há elementos para pedido de interdição total do CT do Flamengo, diz procuradora

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2019 12h04
Flamengo/DivulgaçãoA ordem de fechamento do local, feita pela Prefeitura, é de outubro do ano retrasado

O Ministério Público do Rio de Janeiro exigiu que o Flamengo cumpra a ordem de interdição total do Ninho do Urubu. 

O centro de treinamento do clube foi palco de uma tragédia que deixou dez jovens mortos e três feridos.

A ordem de fechamento do local, feita pela Prefeitura, é de outubro do ano retrasado. 
A determinação do MP veio após uma vistoria técnica, realizada na última terça (12), identificar várias irregularidades no CT. A força-tarefa que fez a análise é formada por integrantes do MP do Rio, da defensoria pública do Estado e do Ministério Público do Trabalho. Além deles, também participaram a Prefeitura, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, a promotora do MP-RJ, Ana Cristina Huth Macedo, explicou que após reunião houve o entendimento de que já existiam elementos para o pedido de interdição total do CT em virtude do incêndio.

“Redigimos o documento e apresentamos ao juízo, conseguindo decisão favorável. No que tange a crianças e adolescentes, o CT está completamente fechado. Procuramos saber o que cada instituição fez nesta semana e indagamos a Prefeitura sobre a interdição total do CT Ninho do Urubu. Não exigimos, apenas perguntamos se estava fechado ou não. A Prefeitura disse que estaria fechado. O que o MP fez foi reproduzir a fala da Prefeitura”, disse.

Em caso de não interdição do CT há a possibilidade de uma ação judicial para obrigar o Flamengo a fechar as portas. “No caso, as medidas de fechamento do CT para crianças e adolescentes foram determinadas por promotores da infância e da juventude. E no que diz respeito a adultos, hoje essa informação da Prefeitura de que está fechado deve ser encaminhada à Promotoria de Urbanismo”, disse.

Sobre as indenizações, a procuradora disse acreditar que até meados da próxima semana o clube já apresente um valor.