Haddad chama Bolsonaro de ‘despreparado’ e diz que há ‘chance de criar onda favorável até domingo’

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2018 07h15 - Atualizado em 24/10/2018 09h24
Rommel Pinto/Estadão ConteúdoO petista participou de um ato de campanha nos Arcos da Lapa acompanhado de apoiadores e artistas como Chico Buarque, Caetano Veloso e Mano Brown

Nesta terça-feira (23), reta final do segundo turno, o candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, teve agenda de campanha intensa na cidade do Rio de Janeiro. O presidenciável se encontrou com representantes de igrejas evangélicas, da comunidade judaica, além do arcebispo da Arquidiocese do RJ, Dom Orani Tempesta.

Haddad também fez uma visita à Comunidade da Maré, onde prometeu incentivar a cultura nas periferias.

Em entrevista coletiva, o petista afirmou que Jair Bolsonaro não tem condições de governar o país: “pessoa completamente despreparada, não se dedicou aos problemas nacionais e teria muita dificuldade. O Brasil está fazendo de conta que não sabe quem é ele, mas todo mundo sabe”.

Haddad também disse que espera uma onda favorável até domingo: “estou há 45 dias em campanha, os resultados são extraordinários, temos chance de criar onda favorável até domingo”.

À noite, o petista participou de um ato de campanha nos Arcos da Lapa acompanhado de apoiadores e artistas como Chico Buarque, Caetano Veloso e Mano Brown.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Afonso Marangoni