Hamilton pode superar recorde de vitórias de Schumacher neste domingo

Desde que a Rússia passou a sediar a categoria em 2014, a Mercedes venceu todas as seis edições disputadas

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2020 10h40 - Atualizado em 26/09/2020 10h45
EFE/EPA/Jennifer LorenziniHamilton é o líder disparado do campeonato com 55 pontos de vantagem do companheiro de equipe Valtteri Bottas e 80 pontos a mais que Max Verstappen

Lewis Hamilton vai para a pista neste final de semana com a motivação que vai muito além de uma simples vitória. Com todos os número a favor do hexacampeão, o primeiro lugar no GP da Rússia que acontece neste domingo, 27, é a melhor aposta para ele se iguale a Michael Schumacher com 91 vitórias na Fórmula 1. Desde que a Rússia passou a sediar a categoria em 2014, a Mercedes venceu todas as seis edições disputadas, sendo quatro delas por Hamilton. Ao todo, até o momento, das nove provas disputadas em 2020, o inglês conquistou seis delas. O curioso é que no ano passado, o piloto também venceu seis das nove primeiras corridas, o que se repete neste ano. No entanto, embora os número sejam equivalente, proporcionalmente, as vantagem de Hamilton na competição são maiores em 2020 do que em 2019, já que a corrida terá apenas 17 etapas, quatro a menos do que na temporada anterior.

Atualmente, Lewis Hamilton é o líder disparado do campeonato com 55 pontos de vantagem do companheiro de equipe Valtteri Bottas e 80 pontos a mais que Max Verstappen, da a equipe Red Bull. A diferença é tão grande que praticamente já coloca a taça desse ano nas mãos do inglês. Enquanto isso, na casa de Maranello os números da Ferrari sinalizam uma das piores fases da equipe na história da Fórmula 1. O jovem Charles Leclerc ocupa a oitava posição do campeonato, enquanto seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, com apenas 17 pontos, está na 13ª posição.

*Com informações de Alex Ruffo