Holiday diz que vereadores não trabalham; colegas falam em cassação

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2019 06h51 - Atualizado em 05/09/2019 10h04
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOOs parlamentares disseram que a declaração de Fernando Holiday ofende a Câmara dos Vereadores de São Paulo

Vereadores de São Paulo acusam o colega Fernando Holiday (DEM), de ter faltado com decoro e falam até em cassação de mandato. A polêmica começou na sexta-feira (30), quando Holiday, em entrevista ao apresentador Danilo Gentilli, do SBT, disse que vereadores não trabalham.

O vídeo foi exibido durante a sessão desta quarta-feira (4) e, após isso, o integrante do Movimento Brasil Livre começou a receber críticas dos colegas.

Quando a discussão estava acalorada, o vereador afirmou que o critério dele para fazer a afirmação era que a maioria dos parlamentares não comparece ao plenário durante a votação de projetos de vereadores.

Após a fala de Holiday, o líder do PSB na Câmara, Camilo Cristófaro, disse que ele fala mal dos amigos e defendeu uma punição ao colega. “Se vereador não trabalha, você também não trabalha. Se essa Casa tiver vergonha na cara, precisa pedir sua cassação.”

A deputada Sandra Tadeu (DEM), mesmo partido de Holiday, disse que a fala configura quebra de decoro. “E o senhor vem me dizer que os vereadores não trabalham? Você errou, errou feio.”

Em meio à polêmica, o presidente da Câmara dos Vereadores, Eduardo Tuma (PSDB), também saiu em defesa dos colegas.

Os parlamentares disseram que a declaração de Fernando Holiday ofende a Câmara dos Vereadores de São Paulo e que foi premeditada, para ganhar votos.

*Com informações do Afonso Marangoni