Homem de confiança do miliciano Ecko morre em troca de tiros com a Polícia no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 14/11/2018 06h27
ReproduçãoO homem foi identificado como Nilton da Silva Sabino, o Pingo, de 25 anos

Um homem de confiança do miliciano Ecko, o mais procurado pela Polícia fluminense, foi morto em um tiroteio com policiais na Baixada. A Polícia fazia uma operação contra milicianos que atuam na região, houve troca de tiros, e um dos homens de confiança de Welington da Silva Braga, conhecido como Ecko, foi morto na operação.

Ele foi identificado como Nilton da Silva Sabino, o Pingo, de 25 anos. A organização criminosa de Ecko é conhecida como Liga da Justiça e atua na zona oeste e Baixada Fluminense.

Na madrugada desta terça-feira (13), bandidos explodiram uma agência bancária no bairro da Tijuca, na Zona Norte. O segundo episódio na mesma localidade no intervalo de 15 dias.

Em outro caso, dois corpos foram encontrados dentro de um porta-malas de um carro, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O veículo havia sido roubado, e os corpos tinham marcas de tiros.

Além dos casos citados, o policiamento está novamente reforçado no conjunto de favelas do Alemão, depois que bandidos realizaram um ataque à UPP durante uma troca de plantão.

*Informações do repórter Rodrigo Viga