Homem é preso após matar mulher na Grande SP e enviar foto do crime para filha da vítima

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2018 06h33
Reprodução/Google MapsSílvio Augusto da Costa já tinha passagem pela polícia por falta de pagamento de pensão alimentícia e pela lei Maria da Penha, pois já havia agredido uma ex-companheira

Homem é preso após matar a mulher e enviar fotos do crime à filha pelo WhatsApp em Osasco, na Grande São Paulo. Sílvio Augusto da Costa, de 39 anos, foi detido na noite deste domingo (01) na casa onde morava com a vítima, no Bairro Helena Maria.

Ele é acusado de esfaquear a esposa, a enfermeira Rosemirian da Silva, de 41 anos, até a morte durante uma briga.

O crime foi revelado após o assassino enviar fotos do corpo pelo WhatsApp para a filha da vítima, que mora em Guaratinguetá, no Interior. Comunicada, a Polícia Militar daquele município entrou em contato com o policiamento de Osasco, informando do crime e pedindo a prisão do autor.

Policiais da Segunda Companhia do 42º Batalhão foram até a residência, onde encontraram Costa na sala, assistindo televisão. Após confirmar a morte da enfermeira Rosemírian, cujo corpo estava na cozinha do imóvel, os policiais deram voz de prisão ao criminoso.

Sílvio Augusto da Costa já tinha passagem pela polícia por falta de pagamento de pensão alimentícia e pela lei Maria da Penha, pois já havia agredido uma ex-companheira.

Ele foi encaminhado ao 10º Distrito Policial de Osasco e autuado em flagrante.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore