Homem que agrediu namorada em vídeo que viralizou nas redes sociais é indiciado

  • Por Jovem Pan
  • 28/12/2018 07h03
ReproduçãoAs imagens são fortes. Em um dos trechos do vídeo é possível ver uma tentativa de enforcamento

O piloto que aparece agredindo a namorada em vídeo que viralizou nas redes sociais foi indiciado por lesão corporal, injúria, ameaça e violação de domicílio. O caso aconteceu no dia 14 de dezembro, em Goiânia, mas ganhou destaque no começo desta semana.

A vítima gravou, com uma câmera escondida, a violência que sofreu do namorado, o piloto Victor Junqueira, de 24 anos. Ele é filho do ex-prefeito de Anápolis, Eurípedes Junqueira.

As imagens são fortes. Em um dos trechos do vídeo é possível ver uma tentativa de enforcamento. A jovem recebe tapas, puxões de cabelo, empurrões e um murro na cabeça.

Durante a ação, ela tenta convencer Victor a parar com as agressões.

A responsável pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia afirmou que não há elementos suficientes para uma possível prisão preventiva de Victor. Ana Elisa Martins explicou que ele está cumprindo a determinação de não se aproximar da ex-namorada e que não tentou atrapalhar as investigações.

Em nota, a defesa de Victor Junqueira informou que ele segue “fielmente” as medidas cautelares impostas pela Justiça. O advogado Romero Ferraz afirmou, ainda, que não irá se manifestar “acerca dos vídeos que foram divulgados” por se tratar de um processo sigiloso. E declarou que a própria vítima já assinalou em redes sociais o seu constrangimento com a exposição das imagens.

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto