Hong Kong tem primeira morte por coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 04/02/2020 06h08
EFE/EPA/SU YANG CHINA OUTAté agora 24 países já registraram casos da doença e algumas nações, inclusive, já enviaram aviões para buscar os habitantes que estão no país asiático

Hong Kong confirmou nesta segunda-feira (3) a primeira morte causada pelo coronavírus. O território autônomo já tinha registrado 15 casos da doença.

Médicos da região entraram em greve como forma de protesto, exigindo que a fronteira com a China fosse fechada para evitar maior propagação do vírus.

Uma das representantes da manifestação disse que se o ” governo agir rápido o suficiente para fechar a fronteira, o surto em Hong Kong poderá ser evitado”.

O número de pessoas infectadas pelo coronavírus na China cresceu ainda mais. Segundo as autoridades locais, 426 e 3.235 novos casos foram confirmados. Com esses novos números, já se somam 20.438 mil infectados pelo coronavírus.

Os principais casos estão concentrados na província de Hubei.

Até agora 24 países já registraram casos da doença e algumas nações, inclusive, já enviaram aviões para buscar os habitantes que estão no país asiático.

Apesar do crescente número de novos casos, a quantidade de pessoas que se recuperaram na China também aumentou nos últimos dias.

*Com informações da repórter Camila Yunes