Importadores de óculos caem na mira da Receita Federal

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2018 11h03
Valter Campanato/ Agência BrasilOperação Miopia, da Receita Federal, investiga sete empresas importadoras de óculos

A Receita Federal fez, nessa terça-feira (8), uma operação batizada de Miopia. Os alvos foram sete empresas importadoras de óculos, principalmente importadores da China. Durante os últimos meses, essas empresas vinham sendo investigadas sob a suspeita de sonegarem impostos e praticarem outra série de crimes que causaram prejuízos aos fabricantes brasileiros de óculos, tornando a concorrência desleal.

De acordo com as investigações, as empresas exportavam óculos para o Brasil alegando que se tratavam apenas de mercadoria mandada para manutenção, ou para apertar um parafuso, o que fazia a tributação ser bem menor. Já os óculos brasileiros que iam para a China eram altamente taxados por lá, o que causou prejuízos aos fabricantes nacionais.

Até agora, os auditores fiscais já lavraram autos de infração e multas que chegam a R$ 106 milhões aos importadores que fraudaram a Receita. O número deve aumentar ainda mais e chegar a R$ 150 milhões, de acordo com a própria Receita Federal. Isso tudo só relacionado à empresas da Grande São Paulo.

A metodologia das fiscalizações aplicada em São Paulo vai ser usada para outros estados também, e o valor arrecadado com as multas deve ser ainda maior.

*Com informações do repórter Caio Rocha