Inadimplência do consumidor tem primeiro recuo em dois anos, aponta SPC

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2019 07h16 - Atualizado em 13/12/2019 07h42
PixabaySegundo o levantamento, 52% das dívidas em aberto no Brasil são com o setor bancário - que cobra os juros mais altos

Pela primeira vez em dois anos o número de brasileiros inadimplentes caiu. Em novembro, houve um recuo de 0,27% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os dados são da CNDL, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, e o SPC Brasil, o Serviço de Proteção ao Crédito. Foi a primeira queda do índice desde setembro de 2017.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a queda da inadimplência mostra a tendência de melhora da economia no ano que vem.

“Isso porque o consumidor volta ao mercado de trabalho e primeiro precisa quitar suas dívidas para voltar a consumir. Essa queda dos inadimplentes é muito importante para que a gente espere, de fato, uma recuperação sólida em 2020.”

Segundo o levantamento, 52% das dívidas em aberto no Brasil são com o setor bancário – que cobra os juros mais altos.

O comércio concentra 18% das pendências e as empresas que prestam serviços de comunicação, 12%.

*Com informações do repórter Vitor Brown