Incêndio em unidade médica causa pânico na Baixada Fluminense-RJ

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2018 11h19
DivulgaçãoCurto-circuito em um aparelho de respiração provocou o incêndio que destruiu parte da UPA Comendador Soares, em Nova Iguaçu-RJ

Um incêndio atingiu a unidade de pronto atendimento (UPA) de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Um curto-circuito em um aparelho de respiração de uma terceirizado provocou o incêndio que destruiu parte desta UPA.

Médicos enfermeiros e pacientes tiveram que deixar o local às pressas e foram transferidos para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, Muitos deram entrada com intoxicação por terem inalado fumaça tóxica. O Corpo de Bombeiros teve muito trabalho para controlar as chamas nessa unidade de pronto-atendimento. Mas em princípio ninguém se feriu.

Também na baixada, dois policiais militares ficaram feridos em um acidente de trânsito em Duque de Caxias. Os PMs estariam em uma perseguição quando o motorista perdeu o controle e bateu de frente em uma loja. Os PMs ficaram inconscientes e foram levados para uma unidade de pronto-atendimento. Mas felizmente tiveram apenas ferimentos, leves cortes e fraturas. Ninguém corre risco de vida.

Já na vila militar, na periferia do Rio de Janeiro, zona oeste da capital, um motociclista foi morto por homens do Exército ao tentar furar uma blitz promovida pelos militares na região. Ao furar bloqueio, os militares abriram fogo e o motociclista morreu na hora.

Já na comunidade de Manguinhos, na zona norte houve confronto e tiroteio neste final de semana. O policiamento está reforçado por lá por tempo indeterminado.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga