Inclusão no mercado de trabalho é maior desafio para deficientes no Brasil, dizem ativistas

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2019 10h55
ReproduçãoDia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é celebrado em todo o país neste sábado (21)

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é celebrado em todo o país neste sábado (21). De acordo com o IBGE, mais de 24% por cento dos brasileiros possuem algum tipo de deficiência.

A inclusão desses brasileiros, principalmente no mercado de trabalho, ainda é uma barreira a ser rompida. Segundo dados disponibilizados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, nos primeiros sete meses deste ano, mais de nove mil pessoas com deficiência foram demitidas, quando comparado ao mesmo período em 2018.

Para a diretora-executiva do Instituto Social Ser+, Wandressa Bayona, a falta de capacitação profissional, principalmente dos jovens com deficiência, é uma barreira para eles entrarem no mercado de trabalho.

“Uma dica importante é que as empresas não devem contratar pela cota, mas sim pela conscientização e importância da inclusão dessas pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Para as pessoas com deficiência, o ideal é que desenvolvam suas competências e façam carreira nas empresas que desejarem”, aconselhou.

Wandressa também afirma que uma capacitação com os gestores também é muito positiva no processo de inclusão das pessoas com deficiência nas empresas.

Em São Paulo, haverá uma programação especial para celebrar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. As atividades são organizadas pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Entre as atividades estão exposição interativa do programa Moda Inclusiva, apresentação folclórica e bateria de escola de samba inclusivas. A programação ocorre na sede da secretaria estadual que fica no Memorial da América Latina, na Barra Funda, a partir das 10 horas da manhã.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro