Indústria automotiva espera manter crescimento em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2018 06h58
Chery do BrasilA aprovação do novo regime automotivo brasileiro na semana passada, oRota 2030, tranquilizou as montadoras. O setor deve fechar 2018 com alta de 15% nas vendas

Setor automotivo descarta preocupação e espera manter crescimento em 2019 com o novo Governo de Jair Bolsonaro.

O presidente da Anfavea, Antonio Megale, disse que pretende apresentar as demandas das montadoras: “todo mundo quer o bem do País. Tenho certeza que o Governo eleito também quer o bem do Brasil. Estamos analisando a Constituição das equipes e em qualquer momento teremos a oportunidade de sentar, mostrar detalhes da nossa indústria e tenho certeza que há compreensão que a indústria de forma geral e a automotiva, de forma particular, é muito importante”.

Após o Salão do Automóvel da crise de 2016, as montadoras comemoram a recuperação das vendas em 2018 e esperam retomada econômica no País.

O presidente da Caoa Chery, Márcio Alfonso, prometeu ampliar os investimentos no Brasil.

O vice-presidente de assuntos corporativos da Ford, Rogélio Golfarb analisou sinais positivos para 2019.

A aprovação do novo regime automotivo brasileiro na semana passada, oRota 2030, tranquilizou as montadoras. O setor deve fechar 2018 com alta de 15% nas vendas.

*Informações do repórter Marcelo Mattos