Indústria da cana opta pela produção de etanol e recua em fabricação de açúcar

  • Por Jovem Pan
  • 21/12/2018 07h21
Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasA queda na produção de açúcar e o aumento na fabricação de etanol acontece devido à preferência da indústria pela produção do líquido

A fabricação de açúcar apresentou queda na safra de cana de 2018/2019 e deve continuar assim no próximo período.

De acordo com a União da Indústria de Cana-de-açúcar, até o dia 16 de dezembro, pouco mais de 26 milhões de toneladas foram processadas, um recuo de quase 27% em relação a safra passada.

Por outro lado, a produção de etanol – outro produto que vem da cana-de-açúcar – obteve aumento neste mesmo período. Na safra toda, o etanol fabricado chegou a 29,770 bilhões de litros, alta de quase 19%.

O levantamento da UNICA vem de encontro com as previsões da Companhia Nacional de Abastecimento. Segundo a Conab, a safra deve fechar com a produção de 31,7 milhões de toneladas de açúcar, redução de 34% em relação às estimativas anteriores.

Para o etanol, a Conab aumentou a previsão da fabricação de 30 bilhões de litros para 32 bilhões.

De acordo com as entidades, a queda na produção de açúcar e o aumento na fabricação de etanol acontece devido à preferência da indústria pela produção do líquido, que se mostrou mais competitivo ao longo do ano.

*Informações da repórter Nanny Cox