Indústria dá sinais mais fortes de retomada em outubro, aponta CNI

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2019 08h06
CC Creative CommonsA única redução indicada pela pesquisa da CNI é no indicador que mede a expectativa na quantidade exportada para o semestre seguinte

A atividade industrial apresentou uma retomada em outubro, com aumento na produção e na utilização da capacidade instalada. Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, divulgada nesta sexta-feira (22), aponta que o índice de evolução da produção que era de 48,8 pontos em setembro passou para 55,2.

De acordo com a metodologia da pesquisa, valores acima de 50 pontos indicam alta. A utilização da capacidade instalada passou de 69% para 70%, atingindo o maior nível em 5 anos.

O economista da CNI afirma que é uma tendência que os números da indústria cresçam nesta época do ano, mas em 2019 o resultado superou as expectativas.

“Sempre tem um crescimento da produção entre setembro e outubro, mas esse ano vimos um crescimento mais forte do que o visto nos últimos anos. Os dados da sondagem desse mês foram bastante positivos.”

O economista apontou para o fato de que, pela contratação ser um processo que demanda mais tempo e estabilidade, os resultados demoram a aparecer nos números relacionados a emprego.

“Tem a questão de voltar atras em uma decisão de contratação, é uma questão muito cara. A expectativa nossa é que, com essa aceleração se mantendo, isso tende a aparecer mais nos números de emprego nos próximos meses.”

A única redução indicada pela pesquisa da CNI é no indicador que mede a expectativa na quantidade exportada para o semestre seguinte, de 52,5 para 52,4 pontos.

Já o indicador de intenção de investimento subiu mais de dois pontos, passando de 54,1 para 56,2 pontos.

*Com informações da repórter Letícia Santini