Infraestrutura, contas públicas e saúde são os desafios dos próximos governadores de SE, AL e PB

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2018 06h22
Beto Barata/PRO atual governador, Renan Filho (foto), do MDB, tenta a reeleição disputando o Palácio República dos Palmares com Fernando Collor

Nestas eleições, o governo do Estado de Sergipe é disputado por nove candidatos. Até abril deste ano o governador era Jackson Barreto, do MDB, que deixou o cargo para disputar o Senado. Desde então, o vice Belivaldo Chagas, do PSD, governa o Estado e é candidato a reeleição.

Também disputam o Palácio dos Despachos, em Aracaju, Dr. Emerson, da Rede; Eduardo Amorim, do PSDB; Gilvani Santos, do PSTU; João Tarantella, do PSL; Márcio Souza, do PSOL. Além de Mendonça Prado, do Democratas, Milton Andrade, do PMN; e Valadares Filho, do PSB.

Segundo pesquisa IBOPE do dia 17 de agosto, Valadares Filho, lidera a disputa com 23% das intenções de voto, seguido por Eduardo Amorim, do PSDB, com 17%. Belivaldo Chagas, do PSD, tem 12% da preferência dos eleitores, Dr. Emerson, da Rede está com 5% e Mendonça Prado, dos Democratas, tem 3%.

O próximo governador de Sergipe, o menor Estado do Brasil, tem pela frente desafios em vários temas, como a infraestrutura.

Já em Alagoas, cinco candidatos disputam o governo do Estado. O atual governador, Renan Filho, do MDB, tenta a reeleição disputando o Palácio República dos Palmares com Fernando Collor, do PTC; Basile Christopoulos, do PSOL; Josan Leite, do PSL; e Melquezedeque Farias, do PCO.

De acordo com pesquisa IBOPE divulgada no dia 16 de agosto, Renan Filho lidera a corrida, com 46% das intenções de voto, seguido de Fernando Collor com 22%.

Um dos desafios do próximo governante é o saneamento das contas públicas. Em 2017, 53% da arrecadação do governo estadual foi gasta com salários de servidores.

Na Paraíba, são cinco os postulantes ao Palácio da Redenção. O atual governador, Ricardo Coutinho, do PSB está no cargo desde 2011 e não pode concorrer novamente. Ele apoia João Azevêdo, do PSB que disputa com José Maranhão, do MDB; Lucélio Cartaxo, do PV; Rama Dantas, do PSTU; e Tárcio Teixeira, do PSOL.

De acordo com pesquisa IBOPE divulgada no dia 24 agosto, o líder nas pesquisas é José Maranhão com 31% das intenções de votos. Em segundo lugar está Lucélio Cartaxo, do PV, com 18% e em terceiro, João Azevêdo, do PSB, com 17%.

O investimento em saúde é um desafio para o próximo governante, de acordo com pesquisa feita neste ano, 70% dos paraibanos avaliam o setor como ruim ou péssimo.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Afonso Marangoni