INSS terá reajuste de 4,48% para aposentados que recebem acima de um salário mínimo

O valor é maior que os 3,43% do ano passado

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2020 09h09
Reprodução/FacebookO reajuste começará a ser pago entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro

Os aposentados e pensionistas do INSS que recebem acima de um salário mínimo terão reajuste de 4,48% neste ano. O valor é maior que os 3,43% do ano passado.

O aumento é calculado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ele indica a alta no custo de vida de famílias que ganham até cinco salários mínimos.

O teto do INSS no ano passado era de R$ 5.839,45. Agora, ele passará a valer R$ 6.101,5. Já o menor valor, baseado no salário mínimo, passará de R$ 998 para R$ 1.039, um reajuste 4,1%.

A advogada de direito do trabalho e previdenciário, Cristiane Grano Haik, explica a diferença de critérios adotados. “Esse ano houve uma inversão porque o salário mínimo recebeu reajuste menor do que a inflação do ano anterior, segundo o INPC, que é o índice que a lei previdenciária determina que deve nortear a lei dos reajustes previdenciários”, afirmou.

O número de pessoas que recebe o salário mínimo corresponde a 70% dos beneficiários da previdência. O reajuste começará a ser pago entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro.

De acordo com o INSS, cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas receberão o benefício em 2020.

* Com informações do repórter Vinicius Moura