‘Intervenção no RJ está atingindo todos os objetivos que foram propostos’, diz general interventor

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2018 06h28
Agência BrasilPara o interventor Braga Netto, a intervenção está atendendo todas as expectativas criadas em torno dela

Apesar dos casos de violência no Rio de Janeiro, os generais da intervenção, o interventor Walter Braga Netto e o secretário de Segurança Pública, Richard Nunes, se defenderam nesta terça-feira (25) das críticas que a operação vêm recebendo de todos os lados.

No RJ já são aproximadamente 160 casos de balas perdidas e mais de 30 pessoas morreram, segundo contabilidade extraoficial. 96 agentes de segurança também já morreram no Estado, aproximadamente 350 foram baleados. Além disso, a sensação de insegurança continua dominando moradores do Estado.

Para o interventor Braga Netto, a intervenção está atendendo todas as expectativas criadas em torno dela: “a intervenção, isso é quantificado, nossos dados não são chapa branca, são baseados em registros que podem ser auditados e pelo que temos a intervenção está atingindo todos os objetivos que foram propostos”.

Richard Nunes, secretário da Segurança Pública, também defendeu a intervenção: “os números de setembro que estamos avaliando são indicadores de que vamos alcançar todas as metas”

Os dois não quiseram falar, entretanto, sobre o caso do assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes.

*Informações do repórter Rodrigo Viga