Investigações sobre irregularidades financeiras de Flávio Bolsonaro continuarão na Justiça do RJ

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2019 06h05
Reprodução/FacebookO senador pediu a suspensão das investigações que vinham sendo feitas pelo MP-RJ alegando que o caso deveria subir para instâncias superiores

As investigações sobre movimentações financeiras atípicas feitas pelo senador Flávio Bolsonaro continuarão no Rio de Janeiro. A decisão é da PGR, que manteve na Justiça Federal fluminense a investigação que apura se o filho do presidente da República cometeu crimes em seu gabinete na época em que era deputado estadual.

Flávio Bolsonaro é acusado de crimes como falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. O senador pediu a suspensão das investigações que vinham sendo feitas pelo MP-RJ alegando que o caso deveria subir para instâncias superiores. Mas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que os fatos referem-se à época em que ele fazia parte da Alerj.

As suspeitas em torno de Flávio Bolsonaro tiveram como ponto de partida o ex-assessor Fabrício Queiroz. Ele também é investigado pelo MP-RJ, mas negou as acusações de movimentações de recursos irregulares.

Já Flávio, segundo a PF, pode ter cometido crime de lavagem de dinheiro por meio de imóveis e teria declarado patrimônio pessoal inferior ao real.

*Informações do repórter Rodrigo Viga