Irmãos são mortos, esquartejados e queimados pelo próprio primo na zona leste de SP

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2018 06h03
Reprodução/Google MapsAlex Santos Silva, de 26 anos, se apresentou ao delegado do 22º Distrito Policial, em São Miguel Paulista, a quem confessou o crime

Homem é preso após matar e queimar corpos de primos adolescentes na Zona Leste de São Paulo. Alex Santos Silva, de 26 anos, se apresentou ao delegado do 22º Distrito Policial, em São Miguel Paulista, a quem confessou o crime.

Ele contou ter matado seus primos Gesivaldo Batista de Jesus, de 17 anos, e a irmã dele, Raina Damasceno Santos, de 15. O duplo homicídio ocorreu na residência das vítimas, no Jardim Helena, onde o acusado também estava morando.

Segundo a Polícia Civil, após os pais dos dois irmãos saírem para trabalhar na terça-feira, houve um bate-boca entre Alex e Gesivaldo. Quando os pais voltaram, os filhos não foram encontrados.

Eles registraram o desaparecimento no 63º Distrito Policial, da Vila Jacuí, e, com a ajuda dos vizinhos, começaram a efetuar buscas. Os corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira (07) em um matagal, a poucos metros da residência.

Após assassinar os primos, Alex esquartejou os corpos e queimou, para tentar ocultar o crime. Ameaçado pelos moradores do bairro, ele se entregou à Polícia e confessou ter matado Gesivaldo a facadas após uma discussão. Já Raína surpreendeu ele matando o irmão quando retornava da padaria e também foi assassinada.

De acordo com a polícia, Alex é usuário de drogas e também era procurado por um outro homicídio cometido na Bahia, onde foi indiciado por assassinar o padrasto, também a facadas.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore