Itamaraty lança cartilha para torcedores brasileiros que irão para a Copa na Rússia

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2018 06h36
Divulgação/Fifa São orientações que têm como objetivo, segundo a embaixadora, Maria Luisa Ribeiro Lopes, dar tranquilidade ao turista

O Ministério das Relações Exteriores divulgou uma cartilha para orientar o torcedor que está se preparando para acompanhar a Copa do Mundo na Rússia. As cartilhas serão distribuídas nos aeroportos, mas podem também ser consultadas online no site dos ministério das Relações Exteriores e dos Esportes.

São orientações que têm como objetivo, segundo a embaixadora, Maria Luisa Ribeiro Lopes, dar tranquilidade ao turista, uma vez que por conta das diferenças culturais e de língua, o risco acaba sendo muito grande: “quando viajamos para lugares onde há leis e costumes diferentes dos nossos é bom saber o que fazer e o que não fazer”.

Para os torcedores brasileiros, mais de 60 mil já compraram ingressos, é preciso lembrar que bebidas alcoólicas e cigarros não são permitidos em locais públicos e inclusive dentro dos estádios. E que as leis russas são muito rigorosas com relação ao comportamento.

Para a comunidade LGBT, o Governo brasileiro explica também que a legislação russa proíbe manifestações intensas de afeto entre homossexuais, por isso elas devem ser evitadas. Hoje, o Brasil só tem posto consular em Moscou. Serão criados mais 5 temporários em Sochi, Rostov, Samara, Kazan e São Petersburgo, cidades onde o Brasil deverá jogar.

Todos os postos terão condições de imprimir um novo passaporte, uma vez que na Rússia, o documento não fica guardado no cofre do hotel; é obrigatório ter sempre em mãos tanto o documento quanto o cartão de imigração.

Nem todos os estabelecimentos aceitam cartão de crédito, por isso é importante, ter sempre também uma quantidade de dinheiro em espécie.

Não é necessário visto de entrada na Rússia, mas o passaporte precisa ter validade de pelo menos 6 meses a contar da data de retorno ao Brasil e duas folhas em branco.

O Itamaraty lembra que poderá haver dificuldades com o idioma, nem sempre o inglês vai ajudar, por isso a cartilha traz dicas de frases simples em Russo que podem ajudar na comunicação.

*Informações da repórter Luciana Verdolin